terça-feira, 29 de janeiro de 2008

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

"Come On"

O meu primeiro post... Curioso como a vida dá voltas!

E as circunstâncias em que o faço, em que crio. Criar... É sem dúvida muito próprio da natureza humana, ter capacidade de inventar, de ser criativo, de usar a imaginação para desenvolver tudo.

E incrível como essa capacidade de criar nos faz sentir tão ...inatingíveis. Tão poderosos, tão seguros de nós mesmos e certos de que nada nos pode atingir.

Incrível como esse sentimento se vai abaixo tão facilmente. Talvez por reflectir a realidade?

É claro que não deve ser um sentimento inconstante de insegurança, e de medo! Mas temos de admitir que somos muitíssimo frágeis, e que basta qualquer circunstância que saia do ciclo normal, da nossa rotina, do nosso suposto "controlo", e toda essa sensação se vai! Todo o círculo de segurança rui.

Vai ser difícil voltar a sair outra vez sozinha. Não impossível, mas difícil. Dou graças por ter sido só um susto... Mas serviu a lição!


...

Embora tenha de admitir que houve aspectos positivos. Muitos.
E foi por isso que escolhi este título. Porque no meio de tudo, descobri muitas estrelas. Obrigada.

E principalmente, descobri que tenho um anjo da guarda em forma de taxista.


Apesar de ter riscado o meu jantar, não conseguiu estragar completamente. Porque descobri que, a partir de riscos, se inventam/descobrem (ou elas nos descobrem a nós) estrelas.



video